quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Canindé é candidato a sede paulista para 2014

O que era um sonho da torcida da Portuguesa pode se tornar uma realidade. Durante a Copa do Mundo, os lusitanos Douglas Nascimento e Luiz Filho iniciaram uma campanha pela internet a fim de que a diretoria da Lusa olhasse com bons olhos a Copa do Mundo que será realizada no Brasil e colocasse em prática a reforma e modernização do Canindé, que há muito se comenta. Na época até um site foi criado e o "slogan" da capanha era este:



No último sábado, o jornal "O Estado de São Paulo" publicou uma matéria de página inteira sobre o aniversário de 90 anos da Portuguesa. Entre essa matéria estava um entrevista com o presidente do clube, Manuel da Conceição Ferreira. Nessa entrevista, Manuel da Lupa disse que se reeleito no final do ano, gostaria de deixar ao clube um Centro de Treinamentos semelhante ao do São Paulo em Cotia e que já tinha em mãos um projeto de ampliação do Canindé para uma capacidade de 35 mil pessoas.

O presidente também concedeu entrevista ao Jornal Mundo Lusíada, tablóide dedicado à colônia portuguesa. Segundo ele, a Lusa já teria enviado um projeto ao Grupo Votorantim, principal patrocinador do clube, que também seria discutido com uma construtora do Paraná, a mesma responsável pelo estádio do Atlético Paranaense.

Nesta quarta-feira(18), em uma reunião da Comissão de Política Urbana, Metropolitana e Meio Ambiente, realizada na Câmara Municipal de São Paulo, a Associação Portuguesa de Desportos oficializou o interesse em ter o Estádio Dr. Oswaldo Teixeira Duarte como a sede paulista na Copa do Mundo de 2014.

Nesta reunião, o presidente da Lusa, Manuel da Lupa, afirmou às autoridades da política e do esporte paulista que o clube conta com uma área de 100 mil metros quadrados, possibilitando a construção de um novo estádio e de um bom estacionamento. O presidente ainda enfatizou que nesta reforma/construção não seria utilizado dinheiro público e sim de empresas privadas.

Manuel da Lupa exaltou a boa localização do clube, próximo à duas estações de metrô (Armênia e Portuguesa-Tietê), além do fácil acesso aos aeroportos de Congonhas, Guarulhos e Campo de Marte, sem contar com uma vasta área de serviços, composta por dois shoppings centers, hotéis e hospitais.

A Portuguesa já pediu à Confederação Brasileira de Futebol e à FIFA o caderno de encargos com as exigências que devem ser cumpridas pelos estádios que receberão o Mundial. O projeto já existe, após avaliar as exigências da entidade maior do futebol, algumas alterações podem ser feitas.

Nos próximos dias, o presidente da Portuguesa deve se reunir com o Prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab.

Meu Twitter: http://twitter.com/Luizlusitano
Twitter Siga Portuguesa: http://twitter.com/sigaPortuguesa


3 comentários:

  1. se isso acontecer eu vou mandar chupar todos meus amigos que zuaram a lusa até hoje! xD

    ResponderExcluir