quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Ricardo Xavier é carta fora do baralho

Ontem à noite a diretoria da Portuguesa se reuniu com o atacante que disputou a ultima série B pelo Guarani, mas que pertence à Traffic(Ituano), Ricardo Xavier. O jogador e a diretoria não entraram em um acordo, valores não são conhecidos, o que se sabe é que Xavier queria de luvas 50% a mais do que a Lusa queria oferecer e quanto ao salário ele queria 12% a mais do que o pagariam.

Os outros nomes da lista ainda são Otacílio Neto, Val Baiano, Nunes e Luís Ricardo. Hoje ainda podemos ter novidades.

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

E as negociações seguem à todo vapor

Zé Carlos já é carta fora do baralho no Canindé, o atacante ficaria por empréstimo na Lusa até o final do Campeonato Paulista, mas recebeu uma forte proposta do Japão e as negociações estão bem adiantadas, em caso de propostas do interior a Lusa é obrigada a liberá-lo, portanto a Lusa corre atrás de dois atacantes para fechar o elenco.

Como foi noticiado aqui no blog na noite de ontem, a Lusa corre atrás de Otacílio Neto, Val Baiano, Nunes e Ricardo Xavier. Este último está reunido com a diretoria da Portuguesa neste momento (18:15), ele pertence à Traffic, à um de seus parceiros, o Ituano, e o time do interior teria interesse em Dinei, a diretoria rubro-verde tenta empurrar Tatá. Só nos resta esperar, mas Ricardo Xavier é o nome mais forte e o que tem as nogociações mais avançadas.

Um outro nome surgiu, Luiz Ricardo do Avaí, ma
s as dificuldades na negociação são muitas, valores altos e disputa com outros clubes interessados. O segundo nome mais forte é o de Otacílio Neto, que aliás já virou novela, há muito tempo existe o interesse da Lusa em tê-lo, o problema era que o jogador tem seus direitos fatiados entre vários empresários, mas com essa necessidade de ter mais um atacante podem fazer com que a Lusa entre em um acordo.


Está confirmado, Bruno Rodrigo irá para o Santos. O time da baixada adquirirá 40% dos direitos federativos do atleta e pagará seu salário, enquanto a Lusa ficará com os outros 60%, Bruno assinará contrato de 3 anos.“Entre Santos e Portuguesa está tudo certo. Aliás, nós vamos ser parceiros daqui para frente. Outras negociações podem ocorrer entre os clubes” disse Luís Iaúca.

Iaúca também afirmou que nessa negociação também ficou acertada a permanência de Domingos no Canindé até o final do ano e que não existe cláusula nos contratos que impessam Bruno de atuar contra a Lusa e de Domingos contra o Santos.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Novidades rubro-verdes

A Portuguesa deve fechar negócio com o Santos amanhã, Bruno Rodrigo desembarcará na Vila Belmiro, o peixe irá adquirir 50% de seus direitos federativos, o Corinthians também esteve interessado no jogador, mas no empréstimo de Domingos nesse ano, ficou acordado entre Lusa e Santos que Fellype Gabriel e Bruno Rodrigo teriam preferência de negociação com o time da baixada, a Lusa apresentou sua proposta ao Santos, cabe à ele acitar ou não, o prazo termina amanhã, mas tudo caminha para um acerto e amanhã ele já pode ser dado como nome certo na Vila.

Outro jogador titular da Lusa esse ano, está de saída, há quem diga que seja Zé Carlos(para o Japão), mas nada de confirmado apenas boatos, o que se sabe é que a Portuguesa está atrás de dois atacantes para fechar o elenco, quatro nomes estão na pauta, Otacílio Neto, Ricardo Xavier, Val Baiano e Nunes. Dois desses quatro deverão vir, se não, novos nomes surgirão.

domingo, 20 de dezembro de 2009

Benfica vence o clássico na Luz



O Benfica venceu esta noite o FC Porto (1-0) e vai virar o ano colado no Sp. Braga na liderança da Liga Sagres/Campeonato Português.Um gol de Saviola, aos 21 minutos, concretizou o domínio dos encarnados durante o primeiro tempo e estabeleceu um resultado muito reconfortante para as águias, que além de se manterem ao lado dos bracarenses deixam o FC Porto a quatro pontos do topo da classificação.

Se nos primeiros cinco minutos o FC Porto encostou o Benfica em sua defesa, não é menos verdade que a equipe de Jorge Jesus reagiu muito bem e acabou por ser praticamente a única equipe a atacar durante toda a primeira etapa.Com mais finalizações, mais posse de bola, mais objetividade, o Benfica foi ao intervalo vencendo, num jogo sempre disputado em um ritmo intenso num campo muito pesado. Era justo o resultado, mas o FC Porto tinha ainda uma palavra a dizer.

Na entrada para os segundos 45 minutos Jesualdo Ferreira colocou Varela no lugar de Guarín, passando a jogar no 4-3-3. O dragão voltou ao jogo, equilibrou os tempos de posse de bola, mas via-se em dificuldades para chutar ao gol, algo que só fez com perigo depois dos 60 minutos, num pontapé forte de Álvaro Pereira.O Benfica reagiu a esse sinal do FC Porto e dispôs, até o final, de mais três boas chances para marcar. O resultado não viria sofrer alterações, pelo que no final têm as águias mais razões para sorrir.

O atacante argentino Saviola mostrou-se «muito feliz» pelo gol que decidiu o último «clássico» da década do futebol português. Saviola diz que o jogo foi muito equilibrado, mas não deixou de salientar que o gol surgiu no momento mais justo para o Benfica.«Creio que foi um jogo muito equilibrado, mas tivemos a nossa oportunidade de gol e aproveitámos num momento justo, pois fomos melhores na primeira meia hora. Depois, as equipes equipararam-se muito», afirmou El Conejo, que falava na habitual coletiva no final do «clássico».

«Apesar do grande desgaste físico, jogamos muito bem na primeira parte e estamos felizes. Podemos festejar o Natal no topo do campeonato, que é o mais importante. Sabíamos que tínhamos muitas baixas, mas o nosso plantel é amplo e suplantou muito bem as ausências. Até por isso estamos muito felizes», prosseguiu Saviola, que reencontrou na Luz a alegria de jogar depois de dois anos. «Sempre me senti jogador de futebol, mas lamentavelmente não tinha os minutos de jogo que ansiava. Agora estou a ter a continuidade que todos os jogadores necessitam, encontrei um grupo de companheiros que muito me ajudam e um corpo técnico que me dá confiança. Quando isso acontece, só posso estar muito feliz por estar no Benfica», finalizou.

A equipe encarnada enfrentou esta partida com várias baixas, mas Jorge Jesus ficou feliz com o que viu em campo: «Sempre disse que importante era ter onze e mais três. Quem jogou deu excelente resposta. Um plantel com cultura de vitórias é assim.Na zona de organização o campo não permitia mais. Os jogadores formaram uma equipa que venceu com garra de campeão e com sofrimento. Enquanto houve capacidade, o Benfica foi melhor».


FICHA TÉCNICA:

BENFICA - Quim; Maxi Pereira, Luisão, David Luiz e César Peixoto; Javi Garcia, Ramires, Urreta e Carlos Martins; Saviola e Cardozo.

Reservas: Júlio César, Miguel Vítor, Luís Filipe, Roderick, Felipe Menezes, Nuno Gomes e Weldon.

FC PORTO - Helton; Fucile, Rolando, Bruno Alves e Álvaro Pereira; Fernando, Guarín e Raúl Meireles; Hulk, Falcao e Rodriguez

Reservas: Beto, Nuno Coelho, Sapunaru, Varela, Belluschi, Farías e Mariano González.

Gol: Saviola (21)

sábado, 19 de dezembro de 2009

Renê rescinde e Gladstone é apresentado


A Portuguesa divulgou na noite dessa sexta-feira, em seu site oficial que rescindiu contrato com o goleiro Renê. O goleiro foi ao Canindé, se reuniu com a diretoria e acertou o fim do contrato. Engraçado, se ele alegou que a assinatura havia sido falsificada, por que ele foi à Lusa rescindir??

Veja abaixo a nota divulgada pela Portuguesa:

A Associação Portuguesa de Desportos vem, através desta, anunciar a rescisão contratual do atleta Renê de Freitas Marques , que havia assinado contrato de dois anos com a nossa instituição, no dia 16 de dezembro deste ano. A rescisão só foi possível graças ao comparecimento do atleta juntamente com o seu advogado, Dr. Aldo Giovani Kurle, na sede social deste clube, onde o mesmo admitiu ter assinado o contrato por livre e espontânea vontade. Além disso, Renê de Freitas Marques pediu desculpas e mostrou-se arrependido pela repercussão negativa que o fato trouxe à nossa agremiação.

Atenciosamente,
Dr. Giusepe Fagotti
Vice Presidente Jurídico


Veja abaixo a rescisão contratual:


GLADSTONE ASSINA COM A LUSA:


O zagueiro Gladstone é o novo reforço da Portuguesa para a próxima temporada. O defensor de 24 anos oficializou o acerto na noite desta sexta-feira, no Canindé, e defenderá a Lusa em 2010.

Gladstone, que atuou pelo Náutico no último Brasileirão, já defendeu as cores de Palmeiras, Cruzeiro, Sporting Lisboa (POR), Juventus (ITA) e Verona (ITA). O zagueiro também já foi convocado para a seleção brasileira, em 2006.

"Estou chegando para um grande clube e vou me doar ao máximo para que possamos ter uma boa temporada. Nós vamos resgatar o orgulho do torcedor e tornar este clube ainda maior", declarou.

O defensor afirmou que a torcida lusitana contará com um guerreiro em campo. "Eles (a torcida) podem esperar por um jogador que lutará sempre e se entregará ao máximo em todas as partidas", disse.

Gladstone é o quarto reforço da Lusa para 2010. Antes dele chegaram o goleiro Andrey, o lateral direito Paulo Sérgio e o volante Marcos Paulo.

FICHA TÉCNICA

Gladstone Pereira Della Valentia
Posição: zagueiro
Data de nascimento: 29/01/1985
Cidade natal: Vila Velha-ES
Altura: 1,83m
Peso: 78kg

CARREIRA

Cruzeiro-MG (2003/05 - 2007)
Juventus-ITA (2005)
Verona-ITA (2006)
Sporting Lisboa-POR (2007)
Palmeiras-SP (2008)
Náutico-PE (2009)

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

E as negociações prosseguem...

Gladstone pode ser oficializado a qualquer momento, está nesse momento(18:30) no Canindé acertando os últimos detalhes.

Athirson deve assinar na quarta-feira que vem, pois seu advogado chega à São Paulo apenas na terça-feira, mas Iaúca afirmou que na tarde de hoje conversou com o atleta e já avisou que se ele quiser a cláusula que o libere para o exterior, não precisa nem ir ao Canindé, mas Athirson confirmou que não pedirá a cláusula.

A Portuguesa descartou de vez Otacílio Neto por ter seu passe fatiado entre muitos empresários, mas Eduardo Ramos está negociando com a Lusa.

Vilson não virá mais, a Lusa achou que não vale a pena gastar R$300 mil por 50% de seus direitos federativos.

E por último, o Atlético Mineiro desistiu da contratação de Renê após a divulgação do contrato assinado por ele com a Lusa, o assessor de imprensa do jogador afirma que a assinatura é falsa, ele que prove....

Revista Exame desse mês

Liga Europa: Benfica vence e Sporting perde, ambos já têm adversários definidos

BENFICA 2x1 AEK

O Benfica venceu o AEK por 2-1 na ultima rodada da Liga Europa, jogo marcado pelos vários desfalques do lado dos encarnados antes do «clássico» com o FC Porto.

Di María deu espectáculo e marcou os dois gols do Benfica, Blanco diminuiu para os gregos. Felipe Menezes perdeu um pênalti.
Os encarnados apresentaram muitas alterações nos titulares motivadas, não só pelas lesões de Aimar, Ramires, Rúben Amorim e David Luiz – e ainda Sidnei que foi «baixa» de última hora -, mas também pela administração do elenco tendo em conta o «clássico» com o FC Porto, no próximo domingo.

Foi, por isso, um Benfica misto que entrou em campo para defrontar o AEK, num jogo em que o futuro das duas equipes na Liga Europa já estava traçado: O Benfica termina esta fase na liderança do Grupo I; o AEK fica pelo caminho.
Primeiro o Benfica com Weldon (2m) parando na defesa de Georgeas quando estava sozinho na frente do gol, depois Felipe Menezes (14m) acertou a trave numa cobrança de penalti.

O AEK respondeu por intermédio de Blanco (27m), que entrou na área isolado e disparou para defesa difícil de Júlio César.
Angelito, instantes antes da saída para os vestiários, conseguiu desfazer a igualdade que parecia inevitável: chute cruzado e rasteiro junto ao bico direito da grande área do AEK, a bola ainda quicou no gramado antes de entrar no gol de Saja.

No segundo tempo, o Benfica acelerou o ritmo, com Di María comandando as operações e... dando espectáculo. Primeiro, aos 53 minutos, atirou à trave depois de tentar o ‘chapéu’ em Saja. Depois, aos 73 minutos, deixou Manduca no chão e, com um toque de ‘letra’, atirou para o segundo gol do Benfica num lance de grande performance técnica do argentino


Com a confiança em alta, Di María acabou por cometer uma infantilidade que resultou na jogada que deu origem ao gol de AEK. Passe de calcanhar mal calculado pelo argentino, Georgeas recuperou a bola e foi à linha cruzar para Blanco (83m), que aproveitou uma falha de Miguel Vítor para reduzir a diferença.


A partir daí, os gregos foram sempre mais perigosos, criando várias chances de gol que acabou por não acontecer.Para a preparação do jogo com o FC Porto, existem mais problemas para Jorge Jesus uma vez que Nuno Gomes saiu lesionado e Weldon terminou o jogo com problemas físicos.

FICHA TÉCNICA:


BENFICA: Júlio César; Luís Filipe, Roderick, Miguel Vítor e Shaffer, Felipe Menezes (Javí Garcia, 65m), Carlos Martins, Fábio Coentrão (César Peixoto, 46m) e Di María; Nuno Gomes (Cardozo, 72m) e Weldon.


Reservas: Moreira, Luisão, Maxi Pereira e Keirrison.


Treinador: Jorge Jesus.


AEK: Saja; Araújo, Majstorovic (Jahic, 46m), Geraldo e Georgeas; Gentzoglou, Makos (Nsaliwa, 46m) e Kafes; Manduca (Iordache, 77m), Hersi e Blanco.


Reservas: Arabatziz, Arce, Leonardo e Pavlis.


Treinador: Dusan Bajevic.

Cartão Amarelo: Araújo (13m), Felipe Menezes
(40m), Shaffer (75m), Carlos Martins (90+1m), Geraldo (90+2), Georgeas(90+3).

Gols: 1-0, por Di María (45m); 2-0, por Di María (73m); 2-1, por Blanco (83m).


HERTHA BERLIM 1x0 SPORTING


Quatro dias depois da derrota, em casa, frente ao U. Leiria, o Sporting perdeu para o Hertha, em Berlim (0-1). Em jogo estava, apenas, o prestígio dos leões, o dinheiro e os pontos para Portugal no ranking da UEFA, já que a classificação estava garantida.

Com vários titulares de fora devido à proximidade do jogo com a Naval, sábado, os leões realizaram uma exibição cinzenta e sem brilho.

O adversário, último classificado da liga alemã com apenas uma vitória conquistada internamente, conseguiu dividir sempre o jogo e se é verdade que os leões tiveram oportunidades para marcar, os alemães fizeram pelo menos o mesmo.
O Hertha também demonstrou fragilidades.

Mas uma segunda linha dos leões – sem inspiração– não foi capaz de aproveitar a excelente oportunidade que tinha de, vencer pela primeira vez na Alemanha.
O gol do Hertha foi marcado por Kacar, aos 70 minutos.

O lance mostrou total falta de concentração dos zagueiros sportinguistas, que permitiram ao adversário surgir na área livre de marcação e a desviar a bola com a barriga.


Apesar da derrota, o Sporting manteve o primeiro lugar do grupo D, que acabou por vencer, e está classificado à proxima fase. Ao vencer o Hertha também garantiu a passagem à próxima fase da competição.


FICHA TÉCNICA:

HERTHA – Drobny; Piszcyek, Janker, Von Bergen e Pejcinovic; Kacar, Berger, Wichniarek e Nicu; Ramos e Cícero

Reservas: Burchert, Kaka, Bigalke; Kring, Perdedaj e Fardi


SPORTING - Rui Patrício; Pedro Silva, Tonel, Carriço e Grimi; Adrien, Pereirinha, Moutinho, Matias, Izmailov; Saleiro


Reservas: Tiago, Polga, Vukcevic, Caneira, Postiga, Veloso e Abel


Gol: Kacar (70)


JOGOS DOS PORTUGUESES NA PRÓXIMA FASE DA LIGA EUROPA:

Everton (Inglaterra) X Sporting (Portugal)

Hertha Berlim (Alemanha) X Benfica (Portugal)

BENFICA X PORTO NO DOMINGO:

São esperadas mais de 64 mil pessoas na Luz, número calculado pois já não há bilhetes para o clássico de domingo entre o Benfica e o FC Porto (20h15). Esta lotação significará, obviamente, o maior pública da época, sendo que deste número, 3200 lugares serão para torcedores do FC Porto. Recorda-se que os bilhetes para sócio estiveram à venda com preços entre os 15 e os 50 euros, e para o público podiam ser adquiridos por um valor entre os 22 e os 65 euros. Tendo em conta os 30 mil lugares da temporada já vendidos, o Benfica terá uma receita aproximada de 1 milhão e 700 mil euros.

DURVAL NEGOCIANDO COM O BENFICA:

Durval assisitiu ao jogo com AEK na Luz, é um jogador de passe livre e já fez exames médicos. O zagueiro-central brasileiro Severino dos Ramos Durval da Silva, de 29 anos, está em Lisboa negociando contrato com o Benfica.

Ontem à noite marcou presença no Estádio da Luz e assistiu à partida entre os encarnados e o AEK Atenas, pela a Liga Europa.
Segundo apurou o joranl A BOLA, o central já teria inclusive realizado exames médicos, ainda que este procedimento não seja vinculativo.

O jogador, de 1,85 metros e 82 quilos, atuou no Sport Recife na temporada passada, foi inclusive, companheiro de Weldon, que está atualmente na Luz -, mas terminou contrato com o time brasileiro, sendo muito desejado, principalmente porque é um dos jogadores brasileiros apreciados pelo treinador do Benfica, Jorge Jesus, que há muito sonha com o defensor.


quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

As reviravoltas das negociações lusas

RENÊ NÃO SERÁ MAIS O GOLEIRO DA LUSA:

O goleiro Renê não será mais quem defenderá o gol rubro-verde na temporada 2010. O arqueiro já era dado como certo no Canindé, seria apresentado até o fim da semana, mesmo porque já havia assinado contrato, mas na tarde/noite de ontem já era dado como nome certo no Atlético Mineiro.

Semana passada, a Portuguesa deu como concretizada a contratação de Renê, mas como ele ainda tinha contrato vigente com o Barueri, o assessor de imprensa do jogador divulgou uma nota onde o jogador teria dito que ainda não havia assinado com a Lusa, mas na verdade o atleta não havia dito isso, tanto é que, na mesma semana o assessor já não estava mais ligado ao goleiro.

O que houve é que, o goleiro recebeu uma proposta melhor do Atlético Mineiro, depois de ter assinado com a Lusa, ele conversou com o Benazzi à respeito pedindo que o clube o liberasse, mas obviamente, Luís Iaúca, vice-presidente de futebol luso, não aceitou liberar, disse que ele só liberava se pagassem a multa. E ainda afirmou que na hora de assinar o contrato o goleiro ainda pediu mais 5 mil reais fora do combinado, e a Lusa aceitou.

Após isso o goleiro ainda afirmou à imprensa que estava indo para o Galo e que não tinha nenhum contrato assinado com a Lusa. Mas na tarde de hoje a Portuguesa divulgou em seu site oficial o contrato assinado por Renê, e Iaúca afirmou que vai à CBF e que com isso o jogador pode ficar até 2 anos longe do gramado se for punido.

ANDREY É O NOVO GOLEIRO LUSO:


A Portuguesa não perdeu tempo, e logo que percebeu que Renê agiu de má fé, já correu atrás de outro goleiro e acertou a contratação de Andrey, do Cruzeiro, por um ano.O arqueiro, que defendeu o Cruzeiro nas duas últimas temporadas, como reserva do goleiro Fábio, já atuou por Grêmio, Atlético Paranaense, Figueirense, futebol romeno e na seleção brasileira sub 20, onde conquistou o mundial da categoria em 2003.

"É a primeira vez que jogo no futebol paulista e estou empolgado com a possibilidade de defender a Portuguesa. Trata-se de um grande clube e sinto que todos estão focados em fazer um bom trabalho", disse o arqueiro.Andrey poderá fazer a sua estréia pela Lusa no clássico contra o São Paulo, dia 17 de janeiro, válido pela abertura do Campeonato Paulista.

FICHA DO ATLETA

Andrey Nazário Afonso
Posição: Goleiro
Data de nascimento: 09/11/1983
Cidade natal: Porto Alegre-RS
Altura: 1,95m
Peso: 91kg

CARREIRA

Grêmio-RS (2000/05)
Atlético-PR (2005)
Figueirense-SC (2005/06)
Steaua Bucareste-ROM (2007)
Cruzeiro-MG (2008/08)

MUDANÇAS NO MERCADO RUBRO-VERDE:

  • Otacílio Neto:
A Portuguesa estava atrás de Otacílio Neto, atacante que pertence ao Corinthians e que disputou o ultimo campeonato brasileiro pelo Barueri. Entre Lusa e Corinthians estava tudo certo, mas segundo o diretor de futebol da Portuguesa, Luís Iaúca, o jogador possui "vários procuradores", e ele não acha isso ético, portanto não negocia com vários procuradores, por que senão é praticamente uma negociação com cada um deles. Otacílio Neto é carta fora do baralho.Porém, o presidente Manuel da Lupa, em entrevista ao site GloboEsporte.Com, disse que ainda tem interesse no jogador, assim como em Eduardo Ramos e que quer pelo menos um deles por empréstimo.É esperar pra ver.


  • Marcelo Nicácio:
Outro atacante que a Portuguesa estava pra fechar contrato e que dificilmente virá é Marcelo Nicácio, o jogador pertence ao Atlético Mineiro, suas negociações com a Lusa estavam bem avançadas, mas como houve essa confusão envolvendo Renê, muito provavelmente a negociação parará por aí, mesmo porque o vice de futebol lusitano, Luís Iaúca, já afirmou que o que Renê fez foi muito desonesto, desleal e anti-ético e que ele não usará o goleiro como moeda de troca nessa negociação, como muitos previam. E depois de tudo isso, negociações com o Atlético Mineiro ficaram bem complicadas.

  • Gladstone:
O zagueiro Gladstone, que já teve passagens por Cruzeiro, Palmeiras, Sporting e Náutico, virá à São Paulo amanhã acertar os últimos detalhes com a Lusa, e muito provavelmente assinará contrato. Outro zagueiro que estava nas pautas de negociação da Lusa é Vilson, do Vasco da Gama, porém essa transação é mais complicada de acontecer, pois para isso a Lusa teria de desembolsar R$300 mil para adquirir 50% do passe do jogador, complicado, porém não completamente descartado, mas não é prioridade.

  • Athirson:
O ex-lateral-esquerdo, agora meia, Athirson, já é dado como certo nas alamedas no Canindé, só falta a assinatura, que deve ocorrer na segunda-feira, o único impecílio é uma cláusula no contrato que o libere para o exterior no meio do ano, a Lusa já afirmou que se ele quiser a cláusula não vem, mas esse não deve ser fator complicativo, mesmo porque o jogador não tem propostas de outros clubes. A demora de sua vinda se deve à uma vasectomia realizada pelo atleta, ele ainda está de repouso, mas na segunda deve ir ao Canindé e ser apresentado oficialmente.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Informações de momento


Renê pode não ser mais o goleiro da Lusa para a temporada 2010, o jogador teria entrado em contato com Benazzi e explicado que recebeu um proposta melhor, de um clube da série A, o Atlético Mineiro, o problema é que ele já assinou contrato com a Lusa. Luís Iaúca, vice de futebol luso afirmou que ou pagam a multa dele com a Lusa ou ele não joga em 2010.

Porém, a Portuguesa estaria interessada em um jogador do Galo, e seria feita uma negociação envolvendo Renê. Parece que a Portuguesa já tem outro nome certo para o gol, e esse nome pode ser o de Gallato.

Enquanto isso no Canindé...


No Canindé as negociações não páram, amanhã deverão ser anunciados quatro novos reforços. Segundo foi informado na Rádio Tupi AM 1150, a Portuguesa estaria negociando com um zagueiro que já defendeu clubes grandes de Minas Gerais, São Paulo e Nordeste, a partir daí e juntando com boatos que rondam o clube, o nome pode ser Gladstone, zagueiro que já defendeu Palmeiras, Cruzeiro, Sporting e Náutico.

Outro atleta que está na lista da Lusa seria outro zagueiro, esse teria jogado no Rio de Janeiro esse ano, um jovem jogador, segundo o que já foi noticiado na imprensa, pode ser Vilson, zagueiro do Vasco da Gama.

Já para o ataque, estaria vindo um atacante que brilhou no interior de São Paulo, jogou em Minas e brilhou no Nordeste, alguns acreditam no nome de Marcelo Nicácio. E para completar o pacotão de segredos e boatos, Somália, meia que estava atuando no América de Natal, também pode estar desembarcando no Canindé.

Vale lembrar que são apenas boatos, amanhã, como de costume, já que notícias importantes na Lusa sempre estouram às quintas-feiras, termos notícias concretas. Fora esses boatos, vale lembrar que a Lusa já contratou Renê, Paulo Sérgio, Marcos Paulo, Athirson e possivelmente Gláuber.

E hoje o departamento de marketing da Portuguesa aunciou o seu mais novo patrocinador, a escola de idiomas, FISK. A marca do centro de ensino ficará estampada nos ombros e nos calções do uniforme luso, o acordo só foi fechado, uma vez que o Banco Banif, principal patrocinador da Portuguesa, cedeu o espaço que será ocupado.

A Lusa estreará o novo patrocinador no clássico contra o São Paulo, dia 17 de janeiro, na abertura do Paulistão.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Portuguesa atrás de volante bugrino


A Portuguesa está correndo atrás de reforços para montar uma equipe competitiva para a temporada 2010, o goleiro Renê, o volante Marcos Paulo e o lateral Paulo Sérgio já estão contratados, Athirson deve assinar até o fim da semana.

E as contratações não param por aí, Gláuber, volante de 26 anos, que atuou pelo Guarani na última série B e no último Campeonato Paulista, pode estar pintando no Canindé, informações de Campinas dão conta de que o volante gaúcho já teria assinado um pré-contrato com a Portuguesa, já que seu contrato com o time campineiro se encerra em 31 de Dezembro e ele e a diretoria bugrina não entraram em um acordo.

Se depender do retrospecto de acessos do jogador a torcida lusitana pode ficar tranquila, Gláuber subiu à série A do Brasileiro tanto com o Grêmio em 2005 como com o Guarani esse ano.

Enquanto isso, Bruno Rodrigo pode estar indo para o Santos, já que o time peixeiro tem preferência na contratação do jogador, e Doríval Júnior elogiou bastante o zagueiro à diretoria santista, e também foi recomendado por Mário Sérgio. Outro que está na mira santista, que também tem prioridade em sua contratação é Fellype Gabriel, o técnico santista já trabalhou com ele no Cruzeiro e estaria interessado no jogador.

Nome: Gláuber Daniel Rosa
Altura: 1.85 m
Peso: 80 Kg
Naturalidade: Santa Maria/RS
Data de Nascimento: 26/01/1986
Posição: Volante
Clubes: Grêmio (2000-2005), Botafogo/ RJ (2006), Camboriuense/ SC (2006)/ Marcílio Dias/ SC (2007)/ Sertãozinho (2007-2008)
Títulos: Campeão Brasileiro da Série B pelo Grêmio (2005), Campeão Catarinense da Série B pelo Camboriense (2006) e Vice-campeão da Série C do Campeonato Brasileiro pelo Guarani (2008)


segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Ultimas da Lusa

Segundo o vice-presidente de futebol da Portuguesa, Luis Iaúca, a Portuguesa ainda corre atrás de dois zagueiros, um meia e um atacante. Um dos zagueiros pode ser Danny Morais, em uma possível troca por Bruno Rodrigo, mas como essa transação vazou, o Goiás entrou na disputa pelo zagueiro, só nos resta esperar. Segundo o dirigente, Preto também deve ser negociado, Ygor retornará ao seu time, já que ele atuava na Portuguesa emprestado e Christian não renovará.

O boato de que a Lusa estaria negociando com o veterano Denílson foi completamente descartado por Iaúca, segundo ele o jogador não consta nas pautas de contratações. Otacílio Neto deve ser o atacante que a Lusa está contratando, entre Portuguesa e Corinthians está tudo acertado, o problema: são "os procuradores" do jogador, o vice de futebol luso já afirmou que não conversa com jogador que tem vários procuradores, não acha isso ético, portanto, resta apenas o acerto "dos procuradores" de Otacílio e isso fica a cargo do Cortinthians e do jogador.

Athirson já é nome praticamente certo no Canindé, ele se reuniría com a diretoria amanha, mas por problemas pessoais, só assinará contrato no fim da semana, e segundo Iaúca, sem nenhuma cláusula que o libere para o exterior no meio do ano, se o jogador a quiser a Lusa não contrata.

Quanto à Renê, tudo acertado, ele se apresenta provavelmente na quarta-feira, já que seu contrato com o Barueri termina amanhã. Segundo o vice lusitano, a notícia veiculada durante a semana de que Rene teria negado sua vinda ao Canindé é balela, o jogador não falou absolumente nada do que foi noticiado, o que ocorreu é que o Barueri achou anti-ético o jogador ser anunciado em outro clube com contrato ainda vigente com o time do ABC, quem soltou a notícia foi a empresa da assessoria de imprensa do atleta, que no momento já não mais o assessora.

domingo, 13 de dezembro de 2009

Porto vence e encosta no Braga que só empata / Benfica contrata Alan Kardec

FC PORTO 2x0 V. SETÚBAL



O FC Porto bateu o «lanterna» V. Setúbal por 2-0, no Estádio do Dragão, e colocou-se a um ponto dos líderes Sp. Braga e Benfica. Farías e Varela, aos 23 e 25 minutos respectivamente, construíram a vitória dos azuis-e-brancos na rodada que antecede o clássico na Luz.

O FC Porto entrou em campo sabendo que a vitória o colocaria a um ponto da liderança, e os comandados de Jesualdo Ferreira mostraram cedo ao que iam. Belluschi (6) e Raúl Meireles (17), fizeram estremecer o gol defendido por Mário Felgueiras. Foi o prenúncio para o primeiro gol do jogo, marcado por Farías aos 23 minutos.

Após um longo passe de Fucile para a área sadina, o atacante argentino ganhou o duelo com Zoro e Zarabi antes de ‘disparar’, de pé esquerdo, para o fundo das redes, sem chances de defesa para Mário Felgueiras.

Três minutos passados, foi a vez de Varela, com um chute forte da entrada da área, na sequência de um tiro de canto desviado por Zoro para a zona de ‘tiro’.O FC Porto resolvia a questão com dois gols relâmpago, perante um V. Setúbal que mostrou no Dragão o porquê de segurar a «lanterna» da Liga.

Com o resultado feito, os azuis-e-brancos diminuíram o ritmo na etapa complementar. Jesualdo Ferreira fez a gestão do plantel, tirando Fucile, Raul Meireles e Hulk, com certeza pensando já no jogo com o Benfica.

Manuel Fernandes mexeu igualmente na sua equipe, mas as alterações poucos efeitos práticos produziram. O V. Setúbal pisou terrenos que não havia pisado na primeira metade, mas sem incomodar o gol defendido por Helton.

Sem querer projetar o clássico contra o Benfica, Jesualdo Ferreira não deixou de admitir que era «fundamental» vencer o V. Setúbal antes da ida ao Estádio da Luz. «No próximo domingo, o FC Porto vai fazer o jogo que tem que fazer», limitou-se a dizer.

«O FC Porto chega à 13.ª jornada a um ponto dos primeiros classificados. Tivemos alguns problemas e resolvemo-los de forma profissional e séria. Neste momento, faltam duas jornadas para acabar a primeira volta e 17 para o final do campeonato. Pensamos sempre jogo a jogo, não vou falar do próximo adversário», disse Jesualdo Ferreira na RTP 1, alertando: «O campeonato não acabou aqui, há muito campeonato para jogar».

O técnico dos dragões reconheceu que o jogo com o Benfica «vai ser diferente» – «como são todos» -, afirmou.Sobre o triunfo ante o V. Setúbal, Jesualdo Ferreira explicou que, depois de «uma série de jogos difíceis, com intensidades altas», «era fundamental ganhar, recuperar jogadores e evitar lesões, criar novas rotinas e, também, pelo seu posicionamento».

«O FC Porto resolveu o jogo nos primeiros 30 minutos e, depois, o jogo foi menos brilhante. A fadiga pesa e os meus jogadores foram inteligentes. O V. Setúbal não fez nenhum remate à baliza. Tivemos duas ou três ocasiões para fazer o 3-0 e, provavelmente, o jogo até poderia ter acelerado. Acima de tudo, era preciso ganhar e fizemo-lo no momento certo, quando o Vitória estava fresco e junto», disse em entrevista coletiva.

Quanto às substituições feitas no segundo tempo, Jesualdo Ferreira explicou que «a partir de determinada altura, o importante era continuar a jogar, a tentar fazer golos e a ser sérios». «Quando o FC Porto percebeu que não tinha adversário, o ritmo passou a ser outro», assumiu, rematando: «O Fucile tinha algumas queixas na coxa e era preciso fazê-lo sair, o Sapunaru também ficou mal tratado depois de um choque com um adversário».

FICHA TÉCNICA:

FC PORTO: Helton; Sapunaru, Rolando, Bruno Alves e Fucile (Rodriguez, 68); Belluschi, Fernando e Raul Meireles (Guarín, 74); Varela, Farías e Hulk (Mariano, 80)

Reservas: Beto, Falcao, Nuno André Coelho e Miguel Lopes

V. SETÚBAL: Mário Felgueiras; Collin, Zoro (Ivo Pinto, 84) e Zarabi; Alan (Regula, 48), Djikiné, Sandro, Alvaro Fernandez e Ruben Lima; Luís Carlos (Rui Fonte, 55) e Keita

Reservas: Nuno Santos, Lourenço, Bruno Monteiro e Bruno Lourenço

Cartão Amarelo: Zoro (36)

Gols: 1-0, Farías (23); 2-0, Varela (25)

BRAGA 0x0 NAVAL


O Sporting de Braga empatou sem gols com a Naval, num encontro totalmente dominado pelos minhotos. A equipe da Figueira da Foz, que acertou uma bola na traveperto do final da partida, fica com o mérito de serem os primeiros a tirarem pontos dos bracarenses em Braga.

À procura da vitória que lhe permitia voltar à iderança isolada, o Sporting de Braga tomou conta do meio-campo adversário mas encontrou dificuldades para ultrapassar a defesa da Naval, que apostava em saídas rápidas para o contra-ataque.

Só aos 17 minutos é que os minhotos conseguiram criar a primeira situação de perigo e na sequência de um lance de bola parada, com Peiser defendendo a bola de Rodriguez que apareceu na área chutando após escanteio batido por Hugo Viana.

A Naval reagiu por intermédio de Marinho (33m), que apareceu nas costas da defesa em chute cruzado e pouco por cima do gol de Eduardo após um bom lançamento de Camora. Na resposta, Meyong (34m) atirou com perigo ao lado da trave após mais um cruzamento de Alan.

No segundo tempo, só deu Sp. Braga, com a equipe da casa a criar várias situações de gol sem nunca conseguirem transpôr Peiser. O goleiro francês da Naval defendeu tudo o que tinha para defender, com destaque para duas defesas, aos 79 minutos, primeiro após chute de Vandinho, depois sanindo aos pés de Matheus que apareceu para fazer a emenda.

Os bracarenses também revelaram falta de pontaria na hora de finalizar: Rodriguez (52m) bateu errado depois de aparecer isolado no segunfo pau e Matheus (70m), também isolado, atirou por cima depois de receber a bola que desviou na barreira na sequência de uma falta batida por Hugo Viana.

No final do jogo, o brasileiro Simplício conduziu o contra-ataque da Naval, atirou ainda de fora da área e mandou a bola na trave de Eduardo, que estava batido.

Feitas as contas, o Sp. Braga mantém-se na liderança do campeonato mas com os mesmos pontos (30) que o Benfica, que ontem também empatou (2-2) em Olhão. A Naval conserva o 9.º lugar, agora com 15 pontos.

FICHA TÉCNICA:

SP. BRAGA: Eduardo; João Pereira, Moisés, Rodriguez e Evaldo; Vandinho, Hugo Viana e Mossoró (Osvaldo, 82m); Alan, Paulo César (Matheus, 63m) e Meyong (Adriano, 63m).Treinador: Domingos Paciência.

Reservas: Kieszek, Leone, Madrid e Filipe Oliveira.

NAVAL: Peiser; Carlitos, Real, Diego Ângelo e Camora; Godemèche, Lazaroni, Alex Hauw e Baradji (Davide, 89m); Kerrouche (Michel Simplício, 71m) e Marinho. Treinador: Augusto Inácio.


Reservas: Jorge Batista, Lupède, Ouattara, Kovacevic e José Mário.


Cartão Amarelo: Lazaroni (32m), João Real (69m), Matheus (75m), Vandinho (89m).


BENFICA CONTRATA ALAN KARDEC:

O Vasco acertou neste domingo a negociação de Alan Kardec com o Benfica. A informação foi confirmada pelo vice de futebol cruzmaltino, José Hamilton Mandarino. O atacante, de 20 anos, que estava emprestado ao Internacional até maio de 2010, reforçará a partir de janeiro o clube português, que também pode contratar Aírton, do Flamengo.

- Nós aceitamos a proposta de 2,5 milhões de euros, apresentada pelo Benfica. Entretanto, demos um prazo de 48 horas ao Internacional de Porto Alegre para igualar a proposta, pois tinham direito de preferência. Esse prazo de 48 horas acabou neste domingo à tarde. O Internacional não se pronunciou. Portanto, da nossa parte, o negócio está fechado - afirmou Mandarino ao site português “Maisfutebol”.

O acordo renderá ao Vasco o equivalente a R$ 6,4 milhões, e mesmo dizendo ainda não saber da concretização do negócio Alan Kardec mostrou-se empolgado com a possibilidade de reforçar o Benfica, que conta com os brasileiros Julio César, Luisão, David Luiz, Ramires e Weldon.

- Somente nesta segunda-feira vou encontrar com o meu empresário. Mas se tudo for confirmado, fico feliz, pois é um grande clube - disse o atacante, também ao site “Maisfutebol”.

sábado, 12 de dezembro de 2009

Recordar é Viver - 1º Jogo da Final de 96

Há exatos 13 anos, em 12 de Dezembro de 1996, nossa Portuguesa vencia o Grêmio no Morumbi no primeiro jogo da final do Campeonato Brasileiro daquele ano.

Benfica empata nos acréscimos e Sporting perde em Alvalade

BENFICA 2x2 OLHANENSE


O Olhanense mostrou que não seria páreo ao Benfica e encontrou-se em vantagem bastante cedo, que conseguiu manter até quase o final. Nuno Gomes evitou a derrota nos acréscimos, o Benfica registra o terceiro empate na Liga.

Jogo de nervos, emoção, polêmica. Três expulsões, uma lesão aparentemente grave, muitas contas para Jorge Jesus fazer antes do jogo com o FC Porto.

O Olhanense entrou muito bem, chegando logo aos 8 min, de bola parada.Cedo se viu que o jogo ia ser quente, na sequência de uma falta sofrida por Fábio Coentrão, Djalmir foi expulso e Cardozo recebeu amarelo; Saviola empatou aos 27 e o Olhanense, mesmo com 10, respondeu da mesma maneira, mas do lado contrário, poucos minutos depois. Ainda antes do intervalo, expulsão de Di Maria, por chute em Carlos Fernandes e lesão aparentemente grave de Ramires, na perna esquerda.

No segundo tempo, o jogo continuou duro, com o Olhanense perdendo Miguel Garcia, expulso por entrada dura sobre David Luiz, em resposta a outra entrada do brasileiro que tinha acontecido mais cedo, e o Benfica perdendo Fábio Coentrão para o jogo com o FC Porto, por ter chegado ao limite de amarelos.

Nuno Gomes entrou a 10 minutos do fim, acabou fazendo o 2-2 já nos descontos.

«Temos um plantel de 26 jogadores e não podem jogar todos. Continuo a lutar por um lugar. Gostava de jogar mais, mas vou fazendo aquilo que me deixam», afirmou Nuno Gomes no final da partida, considerando que o empate (2-2) em Olhão foi dos males o menor para o Benfica.

«Conseguimos fazer o empate mas não entrámos bem no jogo. Sofremos dois golos de bola parada, o que não é usual na nossa equipa. Depois fomos à procura de dar a volta ao marcador e conseguimos empatar nos minutos finais. Infelizmente não conseguimos os três pontos, que era o nosso objectivo, mas também não perdemos. Do mal o menos», disse.

O próximo adversário é o FC Porto: «Não compreendo como é que o Olhanense está em último lugar porque jogou muito bem, deram tudo. Na segunda parte, houve pouco futebol, jogo muito parado e pouco fair-play. Conseguimos um empate. Vamos agora preparar o jogo com o AEK.»

«O Olhanense era último classificado mas sabíamos que não era o valor da equipa em função da classificação. Não queríamos que o Olhanense estivesse em vantagem no marcador porque é uma equipa que gere bem a posse de bola. Quando fizemos o empate, pensei que podíamos dar a volta ao resultado e ganhar, mas acabámos por ficar sem Di María. Depois fizemos tudo para não perder o jogo», afirmou Jorge Jesus no final do encontro, dizendo que teve de arriscar no segundo tempo para evitar a derrota dos encarnados.

«Na segunda parte fomos mudando tacticamente a equipa, arriscando até ao limite e fomos recompensados por esse risco e merecemos. Acabámos por fazer um ponto, justamente porque fizemos tudo para isso. No segundo tempo houve muito anti-jogo, muitas paragens, mas temos que estar preparados para todas estas situações e os jogadores acreditaram sempre que não podiam perder o jogo de hoje», prosseguiu.

Jorge Jesus justifica ainda a exibição apagada do Benfica com o fato de ter sido «um jogo atípico». «Perdemos alguns jogadores antes e durante o jogo. Elementos que são fundamentais na manobra ofensiva da equipa. Os golos do Olhanense também mudaram a forma da equipa jogar. Mas nunca perdemos a noção do que tínhamos que fazer e tivemos sempre identidade. Jogámos com todos os riscos possíveis, os jogadores do Benfica perceberam isso e fomos compensados pela ousadia que tivemos, caso contrário, teríamos saído daqui com uma derrota», disse o treinador.

FICHA TÉCNICA:

OLHANENSE: Ventura; Miguel Garcia, Sandro, Anselmo, Carlos Fernandes; Castro (Tengarrinha, 88), Rui Baião, Rui Duarte; Toy (Zequinha, 77), Djalmir e Ukra (Paulo Sérgio, 75)


Reservas: Ricardo Ferreira, Éder Baiano, Tengarrinha, Messi, Zequinha, Paulo Sérgio e R
abiola

BENFICA: Quim; Maxi Pereira, Luisão, David Luiz, César Peixoto (Weldon, 59); Javi García; Ramires (Felipe Menezes, intervalo) Fábio Coentrão (Nuno Gomes, 80), Di Maria; Saviola e Cardozo


Reservas: Moreira, Carlos Martins, Weldon, Nuno Gomes, Felipe Menezes, Sidnei e Miguel Vítor


Cartão Amarelo: Ukra (21), Castro (23), Carlos Fernandes (52), Rui Duarte(57), Toy (68) ; Cardozo (25), Maxi Pereira (38) César Peixoto (52), Fábio Coentrão (61); Javi Garcia (87).


Cartão Vermelho: Djalmir (25), Miguel Garcia (88); Di Maria (41)


Gols: 1-0 de Carlos Fernandes (8); 1-1 de Saviola (28); 2-1 de Toy (32); 2-2 de Nuno Gomes (90+1)

SPORTING 0x1 U. LEIRIA



O Sporting somou neste sábado a primeira derrota (0-1) na era Carlos Carvalhal, sendo surpreendido em casa pelo U. Leiria, que venceu a primeira vez em Alvalade em jogos do campeonato.

No quinto jogo da era Carlos Carvalhal, a primeira derrota do Sporting. A noite era fria, e mais fria ficaria - gelada mesmo -, com o triunfo leiriense em Alvalade.

A exibição fraca do primeiro tempo, durante o qual houveram muitos passes errados, e sem qualquer chute à gol, acabou por ditar o destino dos leões, que reclamaram um penalti logo aos 14 minutos, alegando falta de André Santos sobre Matías Fernandez - o lance deixou dúvidas e Vasco Santos entendeu que o lance era normal.

Paulo Vinícius pôs em vantagem o U. Leiria com um gol de cabeça, aos 27 minutos, na sequência de um escanteio – Rui Patrício podia ter feito mais –, já depois de Cássio ter cabeceado na trave.
A equipe de Lito Vidigal foi mesmo a única a construir lances de perigo nos primeiros 45 minutos, tendo igualmente ameaçado o gol com Silas.

Obrigado a correr atrás do prejuízo, o Sporting transfigurou-se para melhor exibição na etapa complementar, que trouxe Pereirinha e Adrien nos luagres de Matías Fernandez e Caneira. Os leões foram à procura do gol, ainda que muitas vezes sem o necessário discernimento.

Pela frente tiveram então um U. Leiria solidário e organizado, que soube fechar-se bem na zaga. A equipe da cidade do Lis não deixou de levar o perigo ao gol de Rui Patrício, vendo um gol ser mal anulado, por impedimento inexistente de Cássio. Antes, já Tiago Luís havia ameaçado.

Vukcevic também chegou a colocar a bola no fundo das redes, mas o montenegrino estava em posição irregular quando desviou, de calcanhar, um rasteiro de Izmailov.

Com o aproximar do fim, os leões empurraram os adversários à parede, tiveram algumas chances para marcar – as mais perigosas por Liedson, que perdeu no duelo com Djuricic – mas o resultado manteve-se inalterado.

FICHA TÉCNICA:

Sporting: Rui Patrício; Abel, Carriço, Polga e Caneira (Adrien, 46); Miguel Veloso e João Moutinho; Izmailov, Matías Fernandez (Pereirinha, 46) e Vukcevic (Hélder Postiga, 72); Liedson

Reservas: Tiago, Saleiro, Tonel e Grimi

U. Leiria: Djuricic; Mamadou Tall, Bruno Miguel, Paulo Vinícius e Ronny; Marco Soares; André Santos, Silas (Hugo Gomes, 88) e Pateiro (Elias, 90+5); Tiago Luís (Pedro Cervantes, 61) e Cássio

Reservas: Hélder Godinho, Kalaba e Ouatarra

Cartão Amarelo: Pateiro (50), Adrien (52), Vukcevic (64) e Djuricic (81)

Gol: 0-1, Paulo Vinícius (27)

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Últimas da Lusa

STJD ARQUIVA CASO BRUNO CAZARINE:

Segundo noticiado em vários meios da imprensa na tarde/noite de ontem (10/12), o caso Bruno Cazarine será arquivado, o procurador do STJD, Paulo Schimit, foi ao programa Bate-Bola da ESPN Brasil e "explicou" o porquê do arquivamento.

Segundo ele, após analisar o fax enviado pela FIFA, verificou-se que, a entidade máxima do futebol não pediu, nem muito menos obrigou a CBF a punir o Guarani, de fato, qualquer um que saiba um pouco de inglês traduziria rapidamente o fax, todos sabem que o que a Lusa fez foi apenas uma consulta à FIFA sobre a regra de transferência de jogadores infringida por Cazarine, e pra completar Schimit disse que o jogador não está irregular pois, oficialmente, só atuou por 2 clubes, pasmem, segundo ele, os campeonatos estaduais não são considerados oficiais, que a CBF não considera, nesses casos, disputas estaduais como participação oficial.

Está claro que a CBF, para se esquivar da FIFA e para manter a "credibilidade" do campeonato, arrumou uma desculpa esfarrapadíssima para o caso, como que um campeonato que vale vaga à Copa do Brasil e em alguns casos à Série C do Brasileiro não é considerado oficial, e porque que no site da entidade máxima do futebol brasileiro os estaduais consstam como oficiais, no calendário oficial da CBF.

Dessa forma, Cazarine só teria atuado pelo Guarani e pelo time coreano, não contando suas atuações na Chapecoense no Campeonato Catarinense. Com muito pouco a Portuguesa consegue fazer muito barulho na FIFA, esperemos que o Deputado Arnaldo Faria de Sá cumpra o que prometeu durante a semana, que se a CBF não julgasse o caso ele iria à FIFA pedir as providências cabíveis, com um departamento jurídico de competência razoável se consegue comprovar à FIFA que o Campeonato Estadual é sim oficial, esperemos...

Enquanto isso o caso repercute cada vez mais na Europa, confira abaixo matéria publicada no tablóide de esportes Record, de Portugal: (clique na imagem para ampliar)

ATHIRSON E DENÍLSON PODEM PINTAR NO CANINDÉ:

Após a contratação de Renê, Marcos Paulos e Paulo Sérgio, a Portuguesa está prestes a fechar com o lateral-esquerdo e ultimamente meia, Athirson. Segundo declarações ao site do STJD, o diretor de futebol da Lusa, Luis Iaúca, disse que há uma reunião marcada e que o único fator que pode emprerrar a negociação é um possível pedido, por parte do jogador, de uma cláusula no contrato para que ele seja liberado em caso de propostas do exterior, mas Iúca foi veemente ao afirmar que não cederá à essa cláusula, ou assina sem cláusula ou não assina.

"Não vou aceitar nenhuma cláusula que o libere para a Europa, ou coisa assim. Se tiver, ele não vem", garantiu o dirigente, lembrando que neste ano, Athirson já havia pedido para ser liberado graças à uma proposta da Raposa. Em Belo Horizonte, porém, jogou pouco.

Outro que pode estar pintando no elenco luso é o veterano e penta-campeão do mundo pela seleção brasileira, Denílson. Uma possível negociação foi anunciada ontem na Rádio Tupi AM 1150, só nos resta esperar...

PRIMEIRO ADVERSÁRIO DA COPA DO BRASIL É DEFINIDO:

A Confederação Brasileira de Futebol divulgou na tarde desta sexta-feira a tabela da Copa do Brasil 2010. A Portuguesa enfrentará na fase inicial o Roraima. Esta é a primeira vez que a Lusa enfrenta um time roraimense em toda a história.

O primeiro jogo, marcado para o dia 24 de fevereiro, será em Boa Vista. Já o segundo duelo, caso seja necessário (vitória acima de dois gols no primeiro jogo elimina a partida de volta), está marcado para o dia 10 de março, no Canindé.

Se passar pelo time do norte do país, a Rubro Verde enfrentará na fase seguinte da competição nacional o vencedor do confronto entre Ponte Preta e Lideral-MA.

RONALDO É CONVOCADO PARA A SELEÇÃO SUB-20:

O jovem atacante Ronaldo, uma das gratas revelações das categorias de base da Lusa, foi convocado nesta sexta-feira para a seleção brasileira sub 20, que participará de um torneio em Punta Del Este, Uruguai, no mês de janeiro. Além do Brasil, Uruguai, México, Argentina, Chile e Paraguai também participam da competição.

"Estou muito feliz com essa convocação. Todo jogador tem como principal objetivo defender a seleção brasileira e eu não sou diferente. Espero que eu possa ajudar o Brasil nesta competição", declarou ao site oficial da Portuguesa.

Ronaldo ficará com a seleção entre os dias 4 e 13 de janeiro. É a tradicional base da Lusa tentando retomar sua força.

POSSÍVEL TROCA DE ZAGUEIROS:

Bruno Rodrigo e Fellype Gabriel têm preferência do Santos em suas contratações, esse acordo foi firmado entre o diretor de futebol luso, Luis Iaúca e o ex-presidente santista Marcelo Teixeira. Mas essa situação pode estar tomando outro rumo, como o manda-chuva santista perdeu as eleições presidenciais e não é mais o presidente do Santos, esse acordo pode ir por água abaixo, bom pra Lusa.

Roberto Dinamite já manifestou interesse em ter Bruno no Vasco, mas outra negociação pode ocorrer, o fato é que, a Lusa está interessada no zagueiro do Internacional, Danny Morais, e o colorado gaúcho estaria interessado em Bruno Rodrigo. Acontece que, esse interesse pelo zagueiro luso era manifestado enquanto o Inter estava com Mário Sérgio, agora o time gaúcho aguarda o aval do novo técnico para qualquer negociação, se for aprovada pelo novo "treineiro", Bruno será trocado por Danny Morais, jovem revelação da zaga colorada.

LEONARDO MARCA O GOL DA CLASSIFICAÇÃO:


O lateral-esquerdo Leonardo, revelado na Portuguesa, que se notabilizou e se firmou na Rubro-Verde em 2007, quando conquistou o título do Campeonato Paulista da Série A2 e o acesso à Série A do Brasileiro, marcou um bonito e importante gol pelo Olympiakos da Grécia, atual time do jogador, contra o Arsenal pela Liga dos Campeões da Europa.

É mais uma das várias e tradicionais revelações da base da Lusa, atuando ao lado dele no Olympiakos está o jovem artilheiro Diogo, mas não está jogando por estar se recuperando de lesão.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Beto Cordeiro é o novo presidente do Conselho

O Dr. José Roberto Cordeiro venceu a eleição para a presidência do Conselho Deliberativo da Lusa na noite desta quinta-feira, no salão nobre do Canindé. O candidato teve 151 votos contra 145 do deputado Arnaldo Faria de Sá.

Confira a nova composição da mesa do Conselho Deliberativo:

Presidente: Dr. José Roberto Cordeiro
Vice Presidente: Armelin Ruas Figueiredo
1º Secretário: Dr. Marcelo Durão Henriques
2º Secretário: Orlando Carlos Fernandes Pires

Mais um reforço: Paulo Sérgio



A Portuguesa oficializou na tarde desta quinta-feira mais uma contratação para a temporada 2010. Trata-se do lateral direito Paulo Sérgio, que assinou com a Rubro Verde até o final do próximo ano. Paulo Sérgio tem 31 anos, foi peça importante no acesso e conquista da série B pelo Vasco da Gama.

Animado, o lateral afirmou ao site oficial da Portuguesa que: "É bom estar de volta ao futebol paulista. A Portuguesa é um clube tradicional e tem o objetivo de fazer uma boa campanha no ano que vem. Estou empolgado com esse acerto".

E completou com suas expectativas para a próxima temporada: "A minha expectativa é a melhor possível. A Lusa tem um bom time e estão chegando bons jogadores", analisou.

Paulo Sérgio é o terceiro reforço oficializado pela Lusa, Renê e Marcos Paulo foram anunciados ontem.

FICHA DO ATLETA
Paulo Sérgio Rocha
Posição: lateral direito
Data de nascimento: 01/10/1978
Cidade natal: Andradina-SP
Altura: 1,70m
Peso: 67kg

Carreira:
Andradina-SP (1999)
Marcílio Dias-SC (1999 e 2001)
Comercial-PR (2000)
Avaí-SC (2001)
Figueirense-SC (2002/05)
Noroeste-SP (2005/06)
São Caetano-SP (2006/07)
Palmeiras-SP (2007)
Grêmio-RS (2008)
Vasco da Gama-RJ (2009)

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Lusa confirma Renê e o bom filho à casa torna



Como já havíamos informado neste blog há duas semanas, a Portuguesa contratou o goleiro do Barueri, Renê, mas a confirmação oficial dessa notícia só veio hoje, no site oficial do clube. O arqueiro, de 32 anos, firmou contrato com a Lusa até o final de 2011, ele se apresentará no dia 16, próxima quarta-feira, para exames médicos, já que seu contrato com o Barueri termina no dia 15.

"Estou muito feliz com esse acerto. A Portuguesa é um grande time e é um orgulho poder defendê-la. Muitos amigos meus ficaram felizes com esse acerto", disse ao site oficial da Portuguesa."Desde as primeiras conversas com os dirigentes da Lusa eu pude perceber que eles querem montar um time forte. Acredito que vamos dar alegrias aos nossos torcedores", declarou.

FICHA DO ATLETA
Renê de Freitas Marques
Posição: Goleiro
Data de nascimento: 30/08/1977
Cidade natal: São Paulo-SP
Altura: 1,92m
Peso: 82kg

Carreira:
São Paulo-SP (1999)
Londrina-PR (2000)
Juventus-SP (2000)
Marcílio Dias (2001/02)
CENE-MS (2002/07)
América-SP (2007)
Gama-DF (2007)
Barueri-SP (2008)

Outra contratação anunciada pela Lusa é a repatriação de Marcos Paulo, sim, o capitão da conquista da série A2 está de volta.O atleta de 32 anos, estava atuando no Shimizu S Pulse, do Japão e assinou contrato por um ano.

"É bom estar de volta. Vivi bons momentos aqui e espero que eles possam se repetir. Tenho um carinho muito grande pela Portuguesa e vou dar o meu melhor para ajudar o clube", disse ao site da Lusa.

Marcos Paulo já defendeu a Lusa em 63 oportunidades, somando 29 vitórias, 18 empates e16 derrotas. O volante marcou dois gols pela Rubro Verde, um deles na final da A2 contra o Rio Preto no Canindé.

FICHA DO ATLETA
Marcos Paulo Alves
Posição: volante
Data de nascimento: 11/05/1977
Cidade natal: Doresópólis-MG
Altura: 1,78m
Peso: 76kg

Carreira:
Cruzeiro-MG (1996/01 - 2002)
Udinese-ITA (2001/02)
Sporting-POR (2002/03)
Maccabi Haifa-ISR (2003)
Guarani-SP (2003/04)
Metalist-UCR (2005)
PORTUGUESA (2006/07)
Yokohama FC-JAP (2007)
Shimizu S Pulse-JAP (2007/08)

Entrevista do candidato Beto Cordeiro

Segue abaixo o áudio da entrevista cedida, hoje (09/12), pelo candidato à presidência do Conselho Deliberativo da Associação Portuguesa de Desportos, José Roberto Cordeiro (Beto Cordeiro) à Alexandre Barros no programa Esportes Tupi, que vai ao ar diariamente às 18 horas na Rádio Tupi AM 1150 de São Paulo:

1ª Parte:



2ª Parte:

Recordar é Viver - Semi-Final do Brasileiro de 98



Para muitos, há exatos 11 anos, a verdadeira Associação Portuguesa de Desportos parou no tempo. A verdade é que, após chegar à semi-final do Brasileiro de 1998, a Lusa só decaiu. A partir daí começaram, ou melhor, se agravaram os problemas e escândalos políticos, não montamos mais equipes à altura de nossa história e tradição, a década de 90 foi uma década de ouro, década de Denner, Sinval, Zé Maria, Zé Roberto, Leandro Amaral, Rodrigo Fabri, Capitão e etc...

Mas também foi a década do quase, quase campeões paulistas em 95, quase campeões brasileiros em 96, quase fomos às finais do paulista e brasileiro em 98, podíamos ter saído dessa década, muitíssimo fortalecidos e talvez mudando o rumo de nosso futuro, o presente.

Digo tudo isso porque hoje, o dono deste blog, este que vos escreve, entrou no site GloboEsporte.Com e acabei me deparando, na sessão Baú do Esporte, com um vídeo de uma reportagem da semi-final do Brasileiro de 98. Muitos podem pensar, qual a razão de se lembrar algo, de certo modo, triste à nossa torcida?

Essa pode até ser uma postagem egoísta, mas eu, como uma parcela de nossa torcida que tem minha idade, aprendeu a torcer pra Lusa nos anos 90. Infelizmente não tive a chance de ver o time Tri-Fita-Azul e Bi-Rio-São Paulo como meu avô, não ví Enéas, o homem-gol, como meu pai, mas ainda tive a oportunidade de ver a verdadeira Portuguesa, aquela que honrava sua história, aquela que fazia história, a Portuguesa grande, como sempre foi.

Me lembro que a primeira vez que pisei num estádio, a Portuguesa estava disputando a final do Brasileiro contra o Grêmio, mas eu ainda era pequeno, não entendia e não ligava muito pra futebol, mas o time que realmente me ensinou a gostar de futebol e me mostrou quem era a Portuguesa foi esse de 98.

Recordo de quase tudo nessa partida contra o Cruzeiro, do jogo não digo, mas me lembro de ver pela primeira vez na minha vida, um Canindé lotado, uma chuva feroz é verdade, mas uma festa belíssima da nossa torcida, e lembro de um time que media forças de igual pra igual com qualquer outro.

Se ainda me restavam dúvidas àquela altura, pra qual time eu torceria, alí foram sanadas, percebi que eu era lusitano, não só por ter escolhido um dos melhores times do Brasil na ocasião, mas porque eu sentia o orgulho de ser lusitano, o orgulho de ser português, de honrar a raça de meus antepassados, de honrar aquelas cores que me encantaram à primeira vista.

Sei que quem vive de passado é museu, mas hoje vemos muitas crianças no Canindé, e eu penso, o que as faz torcer para a Portuguesa? Um time que nos últimos dez anos pouca alegria deu aos seus adeptos? Fico de certo modo triste, não por mim pois mesmo que pouco, já ví meu time figurar entre os maiores deste país, mas por olhar adiante e ver pouco, algo insuficiente para me dar esperanças de que tudo isso voltará.

Mas enquanto lusitano, sou movido à fé e esperança, assim como todos nós, se depois disso tudo que já passamos ainda cá estamos a torcer por esse clube, nada mais nos separará dessa paixão. Recordemos e jamais esqueçamos de nossa história, se nós não a valorizarmos, quem fará por nós? Como diz a letra de nosso hino, Vamos à Luta, ó Campeões.....

FICHA TÉCNICA DE PORTUGUESA 0X1 CRUZEIRO:

Portuguesa: Fabiano, César, Émerson, Evandro, Carlinhos, Alexandre, Simão, Evair, Augusto, Alexandre Chagas e Leandro Amaral. Técnico: Candinho.

Cruzeiro: Dida, Wilson Gottardo, Marcelo Djian, Marcos Paulo, Valdo, Djair, Muller, Ronaldo, Fábio Junior, Alex Alves e Gilberto. Técnico: Levir Culpi

09/12/1998 - Canindé - Público: 25.000

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Porto "passeia" no Vicente Calderón


No Estádio Vicente Calderón, os "dragões" resolveram o jogo nos primeiros quinze minutos, depois de Bruno Alves abrir o placar bastante cedo (02 minutos), com uma forte cabeçada, na sequência de um escanteio cobrado por Rodriguez, e Falcão ampliou a vantagem (14), numa subida oportuna, após chute de Fucile.

Tranquilo, o tetracampeão português aumentou a diferença no segundo tempo, com um petardo de Hulk, aos 76 minutos, que selou a quarta vitória do FC Porto no Grupo D, liderado pelo Chelsea, enquanto o Altético de Madrid assegurou o terceiro lugar, e a passagem para as oitavas de final da Liga Europa.

Bruno Alves destacou a eficácia da equipe, descreveu o seu gol e mostrou-se tranquilo para o sorteio das oitavas-de-final.

«O meu golo? Foi um lance que temos trabalhado durante a semana, concluímos hoje da melhor maneira, mas sem a equipa isto não podia acontecer, foi uma exibição quase perfeita com golos, com posse de bola, não podia ser melhor», afirmou à RTP. A equipe mostrou-se forte, apesar de a classificação já estar garantida. «De outra maneira não podia ser, tentamos apresentar a melhor equipa. Foi uma boa exibição, vamos esperar o sorteio, há equipas de grande nível e temos de manter a mesma atitude.»

O treinador do FC Porto destacou boa organização da equipe na vitória sobre o At. Madrid, sobre o sorteio das oitavas-de-final disse que «o FC Porto tem condições para ganhar a qualquer equipa»

«Mostramos grande confiança, boa atitude e maior assertividade nos lances em posse de bola. Boa capacidade nas transições, com uma segunda parte com pressão alta, constante e depois eficácia muita eficácia», resumiu Jesualdo Ferreira sobre a exibição dos dragões em Madrid, em declarações à RTP.

«O Atlético também teve algumas ocasiões, tem grande jogadores com qualidade técnica e difíceis de anular, mas fizemos uma exibição de grande competência, traduzida em golos e a dar a deia que eu dizia, que o FC Porto está a subir. Parabéns aos jogadores e quero dizer também que esta equipa precisa de apoio. O FC Porto foi muito forte, em 32 jogos na Champions este foi o melhor», completou.

«A equipa precisa de estabilidade e equilíbrio, e o FC Porto não pode ir a lado nenhum sem ser para ganhar. Os jogadores foram guerreiros, muito inteligentes, com maturidade, cresceram muito no último mes. A exibição vai ser qualificada de boa», disse ainda à SportTv, referindo que gostou mais desta exibição do que da de sexta-feira em Guimarães. «As Coisas têm o seu tempo, não vale a pena empurrar as coisas. Os jogadores estão mais maduros e os novos já se integraram com facilidade dou parabéns ao Maicon e quero cumprimentar o Sapunaru também, evoluiu bastante sob o ponto de vista táctico. Ninguém poderá diuvidar que viemos para ganhar.»

Quanto ao sorteio para as oitavas, Jesualdo Ferreira disse que nem sabia quem eram os adversários. «O Porto tem condições para ganhar a qualquer equipa», disse apenas, evitando escolher o Manchester United, que eliminou os dragões na temporada passada.

O Chelsea, que empatou em casa com o APOEL Nicósia, concluiu esta fase com 16 pontos, quatro a mais que o FC Porto, ao passo que a equipe de Simão Sabrosa e a formação cipriota terminaram empatadas com três.

Com empates em Madrid (0-0) e em Nicósia (1-1), ao Atlético de Madrid, orientado por Quique Flores, ex-treiandor do Benfica, valeu o gol marcado fora para evitar a eliminação das competições europeias.

Com sorteio marcado para 18 de Dezembro, as oitavas-de-final da Liga dos Campeões realizam-se em Fevereiro e Março de 2010.

FICHA TÉCNICA:

AT. MADRID: Asenjo; Valera(Antonio Lopez, intervalo), Parea, Juanito e Dominguez; Cléber Santana, Paulo Assunção, Maxi Rodriguez (Reyes, 66) e Simão; Aguero (Jurado, 46) e Forlan
Reservas: De Gea, António Lopez, Pernía, Camacho, Jurado, Reyes e Ibanez

Técnico: Quique Flores

FC PORTO: Helton; Fucile, Maicon (Sapunaru, 58), Bruno Alves e Álvaro Pereira; Valeri (Guarin, 61), Fernando, Raul Meireles e Rodriguez; Hulk e Falcao (Varela, 68)
Reservas: Beto, Guarin, Belluschi, Mariano, Varela, Farias e Sapunaru


Técnico: Jesualdo Ferreira

Cartão Amarelo: Simão (43), Aguero (45), Guarin (70)

Gols:Bruno Alves (1);Falcao (14);Hulk (75)

Movimentações no futebol luso


Contratados: Renê (Goleiro - Barueri)

Voltam de Empréstimo: Marco Aurélio, Rai, Dida e Carlos Alberto (contrato rescindido)

Contratos Terminando: Christian, Ygor e Simão.

Fim de Empréstimo: Muriel(Internacional) e Anderson Paim (Mirassol)

Contratos com Término no Fim do Paulista: Zé Carlos e Domingos.

--------------------------------------------

Dos jogadores que voltam de empréstimo, Marco Aurélio e Rai podem compor o elenco luso, Carlos Alberto já rescindiu seu contrato e Bruno Recife deve ter seu emprestimo renovado junto ao São Caetano, assim como Dida deve ser reemprestado.

O goleiro reserva, Fábio, renovou ontem seu contrato com a Lusa até o final do próximo ano.

Dos jogadores que têm seus contratos a terminar no final desse ano, Christian e Ygor podem renovar, Simão não fará mais parte do elenco.

Muriel já voltou ao Inter assim como Anderson Paim retornou ao Mirassol, Kempes foi emprestado ao Novo Hamburgo. E pelo menos até o final do Campeonato Paulista, Zé Carlos e Domingos ficam na Lusa.

Bruno Rodrigo está de saída, o Santos tem preferência em sua contratação, mas Roberto Dinamite já demonstrou interesse em tê-lo defendendo o Vasco da Gama.